Equipamentos

Ontem aproveitei o cancelamento de minha viagem a SJC e fui providenciar as coisas que estavam faltando (praticamente tudo).
Quando você vai fazer compras, especialmente as de valor elevado, é normal você fazer pesquisa de preço. Antes de ir na Rua da Alfândega aqui no Rio, dei uma olhada na internet para ter uma ideia do quanto iria gastar. A primeira loja que fui foi a Sub Sub por indicação de uma senhora da AACS. Confesso que não curti o atendimento não, muito provavelmente porque o cara sabia que estava fazendo pesquisa e quem não faz? A pesquisa não pode se tornar compra? Enfim, achei bizarro.
Esse atendimento ficou ainda mais bizarro quando fui à loja que fica do outro lado da rua, a AS Drivers. João, o vendedor que me atendeu, é a simpatia em pessoa. E ser simpático trabalhando sábado de manhã não é pra qualquer um.
Depois de preencher minha listinha, comprei umas bugigangas que Dai havia pedido e fui em uma outra loja que estava na lista, mas estava fechada. Acabei voltando para a AS Drivers, não só pela simpatia do vendedor, óbvio, mas porque estava com os melhores preços e ainda conseguiu desconto de mais de 10%. Achei um bom negócio se comparado com a loja que tinha ido anteriormente e a pesquisa feita na internet. Recomendo a quem for comprar esse tipo de coisa: pesquise porque além da diferença de preço tem uma infinidade de marcas, enfim…
Acredite se quiser, com as compras de ontem e mais umas besteiras que comprei hoje, conclui a minha mochila. Como forma de ajudar aqueles que procuram informação sobre o que levar, bem como nota mental de relevância para minhas próximas aventuras, colocarei a lista das coisas que compõem a minha, linda, diga-se de passagem, mochila.

  • Mochila – Seguindo a recomendação de levar 10% de meu peso, optei por uma mochila não muito grande. Comprei a Futura Pro 34 SL + 5 l da Deuter. Se for para fora do país ou se alguém puder trazer, opte por adquirir isso fora, porque os preços aqui são fueda. Fica a dica! Voltando a minha mochila… Essa daí é especial para as mulheres, não aparece na foto, mas tem até um elástico de cabelo com uma florzinha super fofa. O carinha da primeira loja teve a cara de pau de dizer que era uma detalhe a diferença para a dos homens: uma curva por conta do seio, mas aquilo não era nada demais. Oi? Ele deve ter tido isso porque não tem um e olhe que nem tenho lá uns peitchão para falar, mas mesmo assim. Só para sentir o naipe do cidadão. Ao colocar as minhas coisas constatei que o tamanho foi mais do que suficiente com espaço até para alguma quinquilharia que queira adquirir durante ou depois da peregrinação.
  • Bota – Calcei algumas e devo dizer que a maioria é durona e pesada. Sem contar que, no meu caso, ainda tem um agravante: meu pé, apesar de muito lindinho, é do estilo largo, aí já viu. A única que ficou bem confortável em meu pé, é macia, não aperta no lado e tem um solado mais leve do que a maioria foi a Nômade Finisterre. Farei agora o “amaciamento” dela para ter certeza que não terei surpresas desagradáveis no caminho.
  • Casaco – Optei pelo Thermotex Gazelle da Trilhas e Rumos Preto. Ele é de fleece, o que é bom já que esquenta e não ocupa muito espaço.
  • Saco de dormir – Como irei na primavera, optei pelo Nautika Micron X-Lite que aguenta até 5ºC e tem um peso razoável.
  • Canivete – Na verdade nem é chamado de canivete já que é um jogo de talher+saca-rolha (que a turma da AACS diz ser imprescindível)+abridor de lata. Da Nautika, bem compacto.
  • Pochete – Com uma mochila desse tamanha você poder estar se perguntando: pra quê? Para ter mais praticidade. Escolhi a Enduro da Trilhas e Rumos porque tem um tamanho bom e porta garrafinhas na lateral.
  • Calça-bermuda – Optei por 2 da Curtlo. Essas calças são bacanas porque além de possuem um tecido leve e fácil de secar, viraram bermuda o que é bem prático conforme o dia vai esquentando mais.
  • Meia – Comprei 2 grossas da cinza Selene e 2 finas da Solo Veloce que promete deixar o pé sequinho e com isso ajuda a evitar bolhas.
  • Boné – Air da Kailash porque, apesar de ter uns aqui em casa, esse daí tem aquelas telas que favorecem a ventilação e óbvio que optei pelo da cor clara.

No próximo post colocarei todos os itens que compõem tanto a mochila como a pochete.

Update:
No final acabou que comprei um casaco na vibe do Brasil na Copa do mundo, espero que seja suficiente.

Anúncios

2 Comentários

  1. RAMON(ES) said,

    09/03/2010 às 3:38

    Rpz… o que vc vai precisar mesmo é de um telefone celular pra ir fazendo as reservas dos albergues durante a caminhada. Sério, vai ter muita gente lá. 🙂

  2. 09/03/2010 às 12:22

    hahahaPara de fazer terrorismo=P


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: